Rolando Boldrin

Zé Ponte

Print songSend correction to the songSend new songfacebooktwitterwhatsapp


No meu casebre
Tem um pé de mamoeiro
Onde eu passo o dia inteiro
Campeando a minha amada
Uma cabocla
Que trabalha ali defronte
Carregando água da fonte
Pra levar pra peonada…

E cada vez
Que ela carrega um balde d'água
Leva junto a minha mágoa
Pendurada em sua mão
Mas eu não posso crer
Que em época presente
Ainda exista dessa gente
Com tão pouco coração

Ela podia
Viver bem sem ir à fonte
Se casasse com Zé Ponte
Esse caboclo que aqui está
Pra ela eu ia
Construir minha palhoça
Plantar coisas numa roça
Que nunca pensei plantar

E se mais tarde
Nos viesse a petizada
Tendo a bolsa recheada
De dinheiro pra comprar
Um petizinho pro Juquinha
Um violão pra Isabel
E para ela
Tudo o que eu pudesse dar


Writer/s: Felisberto Martins / Lupicínio Rodrigues

The most viewed

Rolando Boldrin songs in October