Lucas Santtana

Ninguém Solta A Mão De Ninguém


Print songSend correction to the songSend new songfacebooktwitterwhatsapp

Quando a fera fere e mata alguém
Só porque difere de gênero, tem
Algo enrustido, algo enrustido

Quando descrimina a pele de alguém
E não preza a mina de onde 'cê vem
Faz um ebó pra ele, um ebó pra ele

Ninguém solta a mão de ninguém
Olho no olho, gente por gente
Cuidar de cada um dentro de nós

Ninguém solta a mão de ninguém
Olho no olho, gente por gente
Cuidar de cada um dentro de nós

Quando acelera, atropela alguém
Envenena o ar e expõe seu desdém
Pega a bicicleta, pega a bicicleta

Se derruba a mata e atira em alguém
Que cuida da floresta como mais ninguém
Faz um rapé pra ele, um rapé pra ele

Ninguém solta a mão de ninguém
Olho no olho, gente por gente
Cuidar de cada um dentro de nós

Ninguém solta a mão de ninguém
Olho no olho, gente por gente
Cuidar de cada um dentro de nós

Se criminaliza o direito de alguém
De ter moradia e uma terra também
Movimenta ele, movimenta ele

Esse alguém sem nome sou eu e você
Se juntar não some, faz aparecer
Nome e sobrenome, nome e sobrenome

Ninguém solta a mão de ninguém
Olho no olho, gente por gente
Cuidar de cada um dentro de nós

Ninguém solta a mão de ninguém
Olho no olho, gente por gente
Cuidar de cada um dentro de nós


Writer/s: Lucas Santtana

The most viewed

Lucas Santtana songs in May