Zero Ora!

1001 Dias

Print songSend correction to the songSend new songfacebooktwitterwhatsapp


Meu bem, você bem sabe: eu não me perco assim tão fácil
É, meu bem, você sabe bem, eu não sou de me perder tão fácil
Mas ontem por esse sorriso delicioso implicante
Eu me perdi do meu caminho, eu já não sei pra onde eu vou

Eu já me arrastei por todo vale procurando explicação
Eu já me desesperei por todo canto procurando uma razão
Meu bem, não há razão que me console o coração
Eu me perdi no seu caminho e hoje me entrego sem perdão

Eu ontem me apaixonei perdidamente e ela bem sabe
É, eu ontem me apaixonei desesperadamente e ela sabe
Que eu passos os dias na varanda olhando as lágrimas do céu
Comendo trufas recheadas de absinto, desejo e mel

Meu bem, talvez você não saiba
Eu não sou de desistir assim tão fácil
Do que adianta então você negar e resistir
Quantas vezes você puder resistir

Por isso é bom saber, meu bem, não há silêncio, nem distância
Não há vento, tempestade ou furacão
Não há pedra na garganta que me faça deixar de acreditar
Que um dia, por alguma razão...

Eu não me importo de cruzar mil precipícios se assim ela quiser
Eu enfrento 1001 dias no inferno mais profundo se assim ela pedir
Eu sei que um dia eu atravesso esse universo tão distante
Pra ver de perto o dia todo o seu sorriso delicioso e implicante

Eu me sentei aqui sozinho bem depois que ela foi embora
É, eu chorei aqui sozinho
Pra assistir o céu de chumbo repetindo as minhas lágrimas de dor
Mas hoje eu sei, tenho certeza, um dia desses ela volta
E não demora vai secar aqui comigo cada lágrima do céu


Writer/s: Jefferson Sarmento

The most viewed

Zero Ora! songs in January