A sombra do horror


Print songSend correction to the songSend new songfacebooktwitterwhatsapp

Esse mundo onde estou já foi verde.
Os Etes já vieram aqui.
Já se passam dez mil anos que
Jesus mostrou que existe um Deus ali...

Na sombra do horror
que hoje é assim.
A sombra do horror.

A vida humana foi-se embora da terra
embusca de um lugar melhor para viver.
Deixou esse mundo depois de tantas guerras.
Não tem mais água. Nada mais para comer.

Hoje é o robo que manda nesse planeta.
Os meus amigos são androides também.
Não precisamos de dinheiro, comida.
Não precisamos matar ninguém.

A sombra do horror
que hoje é assim.
A sombra do horror.

Os megatons já não faz mais sentidos.
Não tem por quê afinar violão.
Rauzito é coisa de terráquio.
Medo da chuva não dá mais nada não.

O amor depende do seu tamanho
que vem de memória ram ou HD.
O poder ja foi robotizado,
clonado, piratiado em 3D.

A sombra do horror
que hoje é assim.
A sombra do horror.

Foram para outro sistema solar.
Oxigênio comercializar
e seus clones foram pesquisar
a forma de vida em outro planeta.
Clone que é clone não vive de punheta.
Ônibus espacial agora é cometa.
Ouvi falar que acharam petróelo em plutão.

A sombra do horror
que hoje é assim.
A sombra do horror.


Writer/s: Mano Clayton

The most viewed

Mano Clayton songs in January