Dance Of Days

Entre a Pressa e a Calma

Print songSend correction to the songSend new songfacebooktwitterwhatsapp


Não se levante, não vá muito longe
Fica aqui perto e deita em meu peito
Que teu corpo assim, junto ao meu
Tão perfeito e tão suado
Congela o tempo e o meu vazio
Se transforma em sagrado
Temos nosso próprio calendário
E relógio de planetas
Pra olhar o sol avançar lento
Entre as frestas da janela.
Dama da noite, não me esqueças:
Tão bem me queres são violetas
E você é flor à meia luz
No momento intocável
Em que teu cheiro me faz jardim
E de meu beijo teu orvalho
A descer sem pressa
A perfeição de tua pele
Permitindo que o medo suma
Em pés na terra e tudo seja infinito
Lá no espaço tudo está sem lugar
Sou cosmonauta e você o meu ar
Então vem me encantar qual gato na lua
Vem explodir em mil estrelas
E parir a galáxia em que tudo acontece
Se estiver nessa festa
Pra dançar nua o bóson de higgs
Pagão dessa floresta
Em que tudo é Deus e eu tão teu
Te entrego minha alma
Pra só existir nesse feitiço
Entre a pressa e a calma
Faz consagrado
O nosso pecado

The most viewed

Dance Of Days songs in April