Jullie

Eu Sou Eu

Print songSend correction to the songSend new songfacebooktwitterwhatsapp

Não me canso de correr pra te perseguir
Já estou me aproximando pode desistir
Leveza nos pés, um soco muito veloz
O meu café foi farto, mas de almoço uma noz

Sou um fogo ardente, uma explosão
Eu sou eu!

Não aceito ordens, gosto de vencer
Sou asfalto novo e quente queimando pra valer
Um venenoso ferrão que dói pra chuchu
Sou o prato melhor que está nesse menu

Lisa como vidro e afiada demais
Eu sou eu!
Sou um nó bem dado que não se desfaz
Eu sou eu!

Eu sou uma mulher poderosa e decidida
Arrogante, mandona, competente e explosiva
Eu sou locomotiva e não vou fugir
Sou uma torta de maçã com cereja e chantili

Eu arraso multidões e deixo todo mundo delirando
Passo dos limites e já chego detonando
Sou furacão, sou o meu batalhão
Sou a raspa de coco dentro do quindão

Sou um soco certeiro no primeiro round
Um gatinho bonitinho de olhar fatal
Sou um filme de aventura que não tem final
Eu sou eu! Eu sou eu! Eu sou eu! Eu sou eu!
Eu sou eu!