Letras de canciones
Vota: +0


Idiomas
 

Traducción automática
       
NOTA IMPORTANTE El uso de traducciones automáticas suele dar resultados inesperados.
 
Comentarios

Para o musical infantil Os saltimbancos

Aparece en la discografía de

A pousada do bom barão


Todos:
Vamos tratar uma hospedagem
Pra descansar e seguir e viagem

Gata:
Olha que linda aquela pensão
Se chama "Pousada do bom barão"

Jumento:
Para mim, esse nome, não sei não

Galinha:
Já tou por aqui de tanto barão

Gata:
Mas vamos, mas vamos, não custa tentar
É só pruma noite e depois se mandar

Cachorro:
Ai, ai, ali tem uma placa
Que cheira a uma bruta urucubaca

Todos:
Proibida a entrada
Exijo gravata e dados pessoais
Proibido aos mendigos e aos animais
Ahhhhhhhhhhhhhh !!!

Jumento:
Puxa, puxa, que desacato
Eu, afinal, sou jumento ou rato?

Cachorro:
Poxa, poxa, que desrespeito
Se duvidar, eu entro no peito

Galinha:
Cacilda, cacilda, que bela tramóia
Já tava pensando numa boa bóia

Gata:
Que bode, que bode, mas isso é o fim
Parece que todos estão contra mim

Crianças:
Tentem olhar ali pela janela
Quem sabe não tem ninguém dentro dela
E se for assim vocês podem entrar
Fazer uma boca e depois se arrancar

Jumento:
Puxa, puxa, o que é que estou vendo?
Vivendo e aprendendo, vivendo e aprendendo
Tem quatro pessoas naquele salão
E uma das quatro é o meu patrão

Cachorro:
Poxa, poxa, vejam vocês
É o meu patrão já com os outros três

Gata:
Que grilo, que grilo, não é uma boa
Aquela coroa é a minha patroa

Galinha:
Cacilda, cacilda, coisa de maluco
É o meu patrão que tá com o trabuco

Crianças:
Caramba, caramba, como é que é
Eu acho que é hora de dar no pé
Pra quem não quiser entrar de gaiato
O melhor negócio é dormir no mato

Todos:
Caramba, caramba, como é que é
Eu acho que é hora de dar no pé
Pra quem não quiser entrar de gaiato
O melhor negócio é dormir no mato

Jumento:
Porém, porém, já tou fulo da vida
Ter toda razão e nenhuma comida

Cachorro:
A minha barriga não se acostuma
Ter toda razão e comida nenhuma

Galinha:
Porém, porém, já me sinto aflita
Me sinto assada, acho que tou frita

Gata:
É já, é já, vamos sentar a pua
Botar os safados no meio da rua

Todos:
Quatro juntos braços dados
Damos o fora nesses safados
Braços dados juntos quatro
Chutar os safados pra fora do teatro
Dados juntos quatro braços
E esses safados já tão no bagaço
Quatro braços dados juntos
E esses safados vão virar presunto

(1977)










 
  

PUBLICIDAD
PUBLICIDAD

 

LO + EN CANCIONEROS.COM

 

HOY DESTACAMOS
Novedad editorial

el 23/04/2017

Como parte de la conmemoración de los 100 años de Violeta Parra, y en el marco del Plan Nacional de la Lectura, nace el Cancionero popular de Violeta Parra que se presentó ayer en un picnic ciudadano en la Plaza Gabriela Mistral del Parque Metropolitano de Santiago de Chile.

HOY EN PORTADA
22 Festival BarnaSants 2017

el 29/04/2017

La histórica formación chilena Inti-Illimani se presentó el pasado mes de marzo en el cuarto de los conciertos dedicados a Chile como país invitado en la vigésimo segunda edición del festival BarnaSants. Un concierto donde celebraron el centenario del nacimiento de Violeta Parra y el medio siglo de su formación como grupo y en el que Natalia Contesse actuó como invitada.

 



© 2017 CANCIONEROS.COM, CANDIAUTOR 2010 SL

Notas legales

Qué es cancioneros
Aviso legal
• Política de privacidad

Servicios

Contacto
Cómo colaborar
Criterios
Estadísticas
Publicidad

Síguenos

  

 

Acceso profesional