JOSÉ GALHARDO


Fecha de nacimiento:
10 de junio de 1905
Fecha de fallecimiento:
17 de octubre de 1967

Sumario
Trovapedia
Textos musicados de
José Galhardo
Cancioneros con canciones
de José Galhardo
José Maria Galhardo ComSE (Lisboa, 10 de Junho de 1905 — Lisboa, 17 de Outubro de 1967) foi um advogado e célebre argumentista e letrista português.


Biografia



José Maria Galhardo nasceu em 10 de Junho de 1905, em Lisboa.

José Galhardo distinguiu-se como letrista de inúmeras canções e fados, como são exemplo o Fado Malhoa e Lisboa Não Sejas Francesa, celebrizados por Amália Rodrigues; e ainda os diálogos e letras das músicas de filmes como A Canção de Lisboa (1933), Maria Papoila (1937), Fado, História de uma Cantadeira (1947), Capas Negras (1947), e O Tarzan do Quinto Esquerdo (1958), entre outros.

A canção mais conhecida internacionalmente, com música de Raul Ferrão, é Coimbra é uma lição de amor (também conhecida como Coimbra e Avril em Portugal), cantada no filme Capas Negras (1947) por Alberto Ribeiro.

José Galhardo recebeu, juntamente com Raul Ferrão (música) e Mirita Casimiro (canto), o "Prémio Filipe Duarte" (1945/1946) do SNI, atribuído a autores da letra e da música e artista intérprete do melhor número de canto de opereta, por "Menina Lisboa" incluída no espectáculo A Invasão.

No ano seguinte, José Galhardo recebeu, juntamente com Luís Galhardo, Alberto Barbosa e Vasco Santana , o "Prémio Alfredo Carvalho" (1946/1947) do SNI, atribuído a autores e artista intérprete do melhor número declamado de revista, pela autoria da peça Se Aquilo que a Gente Sente.

Em 1947 foi feito Comendador da Ordem Militar de Sant'Iago da Espada, em 29 de Janeiro.

José Maria Galhardo morreu em 17 de Outubro de 1967, em Lisboa.
 El contenido de este artículo ha sido extraído de la Wikipedia en portugués bajo licencia Creative Commons.

 










 
PUBLICIDAD
PUBLICIDAD

 

LO + EN CANCIONEROS.COM

 

HOY DESTACAMOS
Testimonio

el 12/07/2018

La sonrisa de Víctor Jara, imborrable en mi memoria, quedó atrás. La fila india de prisioneros —manos en la nuca— siguió su marcha.

HOY EN PORTADA
Festival Grec 2018

por Carles Gracia Escarp el 18/07/2018

Coetus presentó su tercer disco de estudio: De banda a banda (Satélite K, 2018) en la Sala Apolo de Barcelona, en el marco del Festival Grec 2018.

 



© 2018 CANCIONEROS.COM, CANDIAUTOR 2010 SL

Notas legales

Qué es cancioneros
Aviso legal
• Política de privacidad

Servicios

Contacto
Cómo colaborar
Criterios
Estadísticas
Publicidad

Síguenos

   

 

Acceso profesional