RAUL FERRÃO


Fecha de nacimiento:
25 de octubre de 1890
Fecha de fallecimiento:
30 de abril de 1953

Sumario
Trovapedia
Canciones compuestas por
Raul Ferrão
Cancioneros con canciones
de Raul Ferrão
Raul Ferrão (Lisboa, 25 de outubro, 1890 — 30 de abril, 1953)
foi um militar e compositor português.


Biografia



Raul Ferrão nasceu em 25 de outubro, 1890, em Lisboa.

Frequentou o Colégio Militar entre 1901 e 1907. Chegou a tenente-coronel do Exército e foi professor na Academia Militar. A música era um hobby.

Escreveu música para centenas de peças de teatro e revistas e para alguns dos mais aclamados filmes portugueses. A ele se deve o maior êxito mundial da música portuguesa: "Coimbra", também conhecida como "Avril au Portugal" e "April in Portugal", celebrizada em todo o mundo por Amália Rodrigues, "Cochicho", "Camélias", "Burrié", "Velha Tendinha", "Rosa Enjeitada", "Ribatejo". Escreveu música para operetas como A Invasão, Ribatejo, Nazaré, Colete Encarnado ou Senhora da Atalaia.

Em 1932, foi feito Comendador da Ordem do Mérito Industrial, a 29 de outubro, e Comendador da Ordem Militar de Avis em 12 de outubro de 1935.

Raul Ferrão recebeu, juntamente com José Galhardo (letra) e Mirita Casimiro (canto), o "Prémio Filipe Duarte " (1945/1946) do SNI, atribuído a autores da letra e da música e artista intérprete do melhor número de canto de opereta, por "Menina Lisboa" incluída no espectáculo A Invasão.

No ano seguinte, Raul Ferrão recebeu, juntamente com Fernanda Baptista, o "Prémio Del Negro" (1946/1947) do SNI, atribuído a autores da letra e da música e artista intérprete do melhor número de canto de revista, por "Trapeiras de Lisboa" incluída da peça Canções Unidas.

No cinema escreveu canções para, entre outros, os filmes A Canção de Lisboa (1933), Maria Papoila (1937), A Aldeia da Roupa Branca (1939) ou A Varanda dos Rouxinóis (1939).

Raul Ferrão morreu em 30 de abril, 1953, em Lisboa.

Foi o pai de Ruy Ferrão, realizador e produtor televisivo. O seu nome perdura na toponímia portuguesa, em nomes de arruamentos.


Discografia



  • O melhor de Raul Ferrão (2004, EMI - Valentim de Carvalho)


    1. Alberto Ribeiro - "Coimbra"
    2. Amália Rodrigues - "Só à Noitinha"
    3. Carlos Ramos - "Fado do Marinheiro"
    4. Hermínia Silva - "Fado da Melância"
    5. Vicente da Câmara - "Fado das Caldas"
    6. Maria Teresa de Noronha - "Rosa Enjeitada"
    7. Max - "Carta de Um Soldado"
    8. Lucília do Carmo - "Não Gosto de Ti"
    9. Fernando Farinha - "Velho Friagem"
    10. Maria da Fé - "Fado da Madragoa"
    11. Nuno da Câmara Pereira - "Fado do Ribatejo"
    12. Maria Clara - "Maria Severa"
    13. Carlos Ramos - "Campino"
    14. Júlia Barroso - "Adeus"
    15. Xico Jorge - "Somos Poucos"
    16. Maria Fernanda Soares - "Camélias"
    17. Nicolau Breyner - "Solidó dos Boleiros"
    18. Beatriz Costa - "O Balãozinho"
    19. Amália Rodrigues - "Lisboa Não Sejas Francesa"
    20. Hermínia Silva - "A Tendinha"
     El contenido de este artículo ha sido extraído de la Wikipedia en portugués bajo licencia Creative Commons.

     










     
    PUBLICIDAD
    PUBLICIDAD

     

    LO + EN CANCIONEROS.COM

     

    HOY DESTACAMOS
    Novedad discográfica

    el 15/09/2018

    El trovador mexicano Alejandro Filio acaba de lanzar su último disco Trova azul, un disco a guitarras y voz que hoy nos cuenta canción a canción.

    HOY EN PORTADA
    Nuevo cancionero y discografía

    por Pepi Bauló el 29/08/2018

    Presentamos el octavo de nuestros cancioneros y discografías anunciados en el marco de nuestro vigésimo aniversario. Martirio —alter ego de Maribel Quiñones—, artista grande y todavía creciendo, aprendiz y maestra, fundamental y fundamentada.

     



    © 2018 CANCIONEROS.COM, CANDIAUTOR 2010 SL

    Notas legales

    Qué es cancioneros
    Aviso legal
    • Política de privacidad

    Servicios

    Contacto
    Cómo colaborar
    Criterios
    Estadísticas
    Publicidad

    Síguenos

       

     

    Acceso profesional